© 2018 por Nalini Ruguê. Orgulhosamente criado com Wix.com

RECEBA MEUS EMAILS

  • Dra. Ananda Ruguê

As crianças e suas constituições: uma visão ayurvédica

Segundo o Ayurveda, com base nos milenares conhecimentos védicos da Índia antiga, quando ocorre a concepção, há além da junção do óvulo e espermatozoide, a entrada de uma alma predeterminada para o casal por ações de vidas passadas. Isso eleva o ato da concepção a um evento espiritual, muito mais do que bioquímico.


O indivíduo seria então, formado por 6 fatores que determinariam sua constituição de forma irrevogável.

Os 6 fatores (Sambhava Samagri) são:

1 – MATRIJA: São os fatores maternos, incluindo os 23 cromossomos fornecidos pelo óvulo, OJAS (energia de resistência e imunidade guardadas no corpo da mãe), BALA (força materna) e a proporção dos 5 elementos (éter, ar, fogo, água e terra) que compõe os corpos densos e mais sutis (por exemplo mente) da mãe.



2 – PITRIJA: O pai também fornece os mesmos fatores, porém em suas quantidades únicas para a prole: OJAS, BALA, Panchamahabhutas (5 elementos) e cromossomos.


3 – RASA: A alimentação consumida pela mãe durante toda a gestação, influência fortemente a formação física, a constituição tecidual do embrião, bem como sua constituição mental e energética. Os alimentos dentro do Ayurveda são analisados não somente pelo ponto de vista dos macro e micronutrientes, mas também pelo ponto de vista da energia vital que eles fornecem e também como isso influencia o estado mental e formas pensamento da mãe e consequentemente do embrião.


4 –SATMYA: Além da alimentação, o tipo de hábitos que a mulher grávida tem, seus costumes e suas ações condicionadas e repetidas continuamente vão influenciar a gênese e formação desse embrião, através da conexão interna biológica e energética entre mãe e bebê.

Quando o bebê nasce, como um imprint, as ações, vontades e hábitos corriqueiros da grávida (bons e ruins), serão mais aceitáveis, compreensíveis pelo bebê e portanto, mais passiveis de serem reproduzidos na sua infância e fase adulta.

Isso pode ser tão determinante e tão forte na formação do novo ser, de modo que, por exemplo, se a mãe passa a maior parte da sua gestação cultivando sentimentos como raiva, egoismo, depressão, melancolia, é muito provavél que esta tendência fique sempre como uma sombra da personalidade do futuro adulto. Também pode-se afirmar o mesmo para os pensamentos alegres e construtivos num sentido positivo.



5 – SATTWA: mente

6 – ATMA: alma


Esses 2 últimos fatores se referem ao binômio mente (satwa) e alma (atma) que "entra" no corpo unicelular já no momento da concepçao, segundo o Ayurveda.


A alma é um fragmento de um ser maior, onipresente e onipotente – PURUSHA – que é o criador de todas as coisas assim como as concebemos. ATMA é imutável e imperecível, porém vem acompanhado da mente ou consciência individual que está em eterna evolução e aprendizado ao longo de vidas para que cada ser possa refletir a luz da alma (a Verdade Absoluta) com a maior clareza possível.


Esse binômio SATTWA/ATMA traz consigo experiências remotas de várias e várias vidas, aprendizados, enfim marcas de um caminho evolutivo, que é único para cada um.


Dessa forma, o indivíduo quando nasce é um conjunto das várias nuances entre sua mãe e seu pai na vida atual, mais tudo que aconteceu durante sua gestação (desde os eventos mais materiais até os eventos mais sutis), juntamente com sua expressão menos deletéria e mais perene, sua consciência e sua alma individual (Jivatma).


Adicionando à toda essa gama de fatores intrínsecos muito particulares, ainda temos os imprints que são criados na hora do parto, bem como toda a criação dessa criança, ambiente em que vive, ambiente familiar, hábitos, cultura a que pertence, crenças religiosas e etc.


Todos esses fatores juntos, fazem de cada um dos mais de 7 bilhões de habitantes do planeta, seres únicos, com tendências de metabolismo, de digestão, de interação com o meio, de pensamentos e propensões a estados mentais únicos.


APESAR DE TUDO QUE NOS LIGA E NOS FAZ SEMELHANTES, SOMOS ÚNICOS E TRILHAMOS UM CAMINHO INDIVIDUAL EM DIREÇÃO AO MAIS ELEVADO ESTADO DE CONSCIÊNCIA DO SER.


Continua no próximo post (parte 2)...



2,705 visualizações